Expectativa de vida no Brasil


Você sabia que a expectativa de vida do brasileiro vem aumentando significativamente? 


Isso pode ser explicado por uma série de fatores, que vão desde a melhora na condição de vida da população, até o maior acesso à educação.

Atualmente, a expectativa de vida no Brasil é de 75 anos, em média. Entenda: esse é um número obtido com base na média de todos os brasileiros, podendo ser maior ou menor, de acordo com as individualidades de cada um.

No entanto, o número acima citado é uma vitória para o nosso país. Afinal, além de indicar que o tempo de vida da população aumentou (considerando que em 1950 esse número indicava 50 anos de idade), também significa que a qualidade de vida está maior.

Esses dois números estão diretamente relacionados: expectativa e qualidade de vida. Isso porque, de uma maneira bem simples de ser compreendida, se a expectativa de vida está subindo, é porque a qualidade da vida está melhor. Ou seja: além de viver mais, os brasileiros estão vivendo melhor!



O que define a qualidade de vida?

Alguns fatores são considerados, quando se busca compreender e medir a qualidade de vida de uma determinada população. São o que chamamos de indicadores e são eles que ajudam os pesquisadores a entender o que está influenciando a vida do povo e, consequentemente, como melhorar o que é necessário, encontrando os pontos passíveis de revisão.



No Brasil, os indicadores de qualidade de vida são:

  • Saúde e bem-esta
  • Quesitos sociais, como indicadores de renda, PIB, renda per capita, IDH e índice de mortalidade infantil;
  • Quesitos psicológicos, como a criatividade, adaptação, esperança por dias melhores, coragem, entre outros;
  • Acesso à educação;
  • Acesso à tratamento de saúde;
  • Acesso à tratamento de esgoto e água.

Percebemos que, para compreender a expectativa de vida, antes é preciso entender a importância da qualidade dessa vida. Pessoas com mais acesso à riqueza, saúde e educação, tendem a viver mais. No entanto, a coragem e a esperança também colaboram para que a expectativa – não só de vida – continue crescendo cada vez mais.

Comentários